Não vamos dar descanso à acne!
Pele, Acne

Não vamos dar descanso à acne!

Partilhar:

A acne é uma verdadeira praga para a pele de muitos adolescentes e até para a de alguns adultos. Todos nós já passamos alguma vez na vida pelo drama de acordar com aquela coisa horrível na cara chamada borbulha, “logo hoje que tinha uma festa!”, dirão os mais novos. 

 

Pode parecer uma verdadeira tragédia greco-romana, mas não é! Vamos contar-lhe tudo o que há a saber sobre a acne e o que tem que fazer para se livrar deste pesadelo.

O que é afinal a acne?

Trata-se fundamentalmente de uma doença cutânea, resultante da inflamação das glândulas sebáceas, que provoca o aparecimento de borbulhas ou espinhas. 

 

A inflamação é a resposta natural do corpo a uma infecção, causada por agentes agressores externos, tais como bactérias, vírus, parasitas ou até no caso de uma lesão provocada por calor, radiação ou trauma. Esta resposta tem como objetivo eliminar a causa da lesão, eliminar células mortas e tecidos danificados, de forma a iniciar a sua reparação.

 

O processo inflamatório é caracterizado por aquilo a que chamamos de pontos cardeais - inchaço (edema), dor, vermelhidão da pele e sensação de calor.  

 

No caso particular da acne, temos uma bactéria chamada Cutibacterium acnes que se aloja na glândula sebácea, alimentando-se do sebo em excesso, e que ao multiplicar-se desencadeia uma infecção e consequente reação inflamatória. 

E qual a sua causa?

A acne não tem uma causa definida, mas antes uma série de fatores desencadeantes que se influenciam mutuamente:

 

  • Alterações hormonais - a acne é mais frequente na adolescência, e porquê? Por causa das alterações hormonais sofridas nesse período. As hormonas estimulam as glândulas sebáceas que passam a produzir mais sebo, criando o ambiente propício ao desenvolvimento de Cutibacterium acnes;

  • Hiperseborreia - é a produção de sebo em excesso, pode ser desencadeada por fatores hormonais ou por outros fatores externos;

  • Alterações do microbioma – o microbioma cutâneo não é mais que o conjunto de bactérias que colonizam, em circunstâncias normais, a nossa pele. Alterações no número e tipo destas bactérias originam desequilíbrios que podem conduzir ao aparecimento desta condição.

  • Alimentação - apesar de não ser considerada uma causa directa da doença, os alimentos ricos em açúcar, quando consumidos de forma regular, aumentam a produção de sebo e com isso agravam a acne.

Outros fatores incluem a genética, o stress e alterações no ambiente.

Lesões provocadas pela acne

Esta condição não é igual em todas as pessoas. 

 

Pode variar no tipo e na gravidade das lesões, tendo, no entanto, em comum a localização maioritária destas. Os locais mais frequentes para o aparecimento de borbulhas são a zona central do rosto, peito e tórax, devido a serem justamente as zonas onde encontramos maior número de glândulas sebáceas (estão presentes em todo o corpo excepto nas palmas das mãos e pés).

 

Pele acneica

 

Por norma a doença evolui gradualmente, primeiro a pele torna-se mais oleosa, aparecem os primeiros pontos negros (comedões abertos e pontos brancos (comedões fechados). Com a progressão os comedões evoluem para pápulas e pústulas (borbulhas) e eventualmente para nódulos e quistos nos casos mais graves.

 

Podemos dividir a acne em 3 tipos principais:

 

  • Grau 1: não inflamatória ou comedogênica, é o tipo de acne mais comum e normalmente tem início na puberdade.  Este tipo de acne corresponde aos pequenos pontos negros ou brancos (comedões) que surgem principalmente na testa, nariz e bochechas e não há presença de exsudado;

  • Grau 2: pápulo-pustulosa, caracterizada pelas famosas borbulhas (pápulas e pústulas). Consiste na presença de elevações na pele que contêm pus, arredondadas, endurecidas, avermelhadas e que podem ser dolorosas;

  • Grau 3: nódulo-quística, como o nome indica, caracteriza-se pela presença de nódulos e quistos, lesões mais graves e profundas que as anteriormente referidas.

 

Geralmente a acne inicia-se mais cedo nas raparigas, mas é mais grave nos rapazes devido à ação da testosterona que estimula a secreção sebácea.

Tratamentos e cuidados a ter

No combate à acne é importante ter uma rotina de higiene diária, com produtos adequados e suaves. Se estes produtos não forem adequados ou ressecarem demasiado a pele o efeito obtido pode ser o contrário, naquilo a que chamamos efeito rebound.

 

Descubra neste artigo as melhores dicas para tratamento do acne

 

Após a limpeza é importante a colocação de um creme adequado. Esta rotina deve ser repetida de manhã e à noite. E quem acha que de manhã não é necessária a limpeza desengane-se pois é justamente durante a noite que produzimos uma maior quantidade de sebo. 

 

Os produtos aconselhados contêm ativos purificantes, seborreguladores e queratolíticos, como a niacinamida, o zinco e o ácido salicílico, que permitem o controle da secreção de sebo e do desenvolvimento microbiano.

 

No caso de uma acne ligeira pode experimentar a limpeza com Biretix Cleanser, Martiderm Acniover gel ou Effaclar gel purificante, aplicando de seguida Biretix Duo (à noite) e Biretix Hidramat (pela manhã).

 

Alternativamente pode ainda usar o Martiderm Acniover Serum em conjunto com o Martiderm Acniover cremigel activo pela manhã e à noite o Martiderm Acniover renovador nocturno.

 

Estas rotinas podem ser complementadas com produtos potenciadores como o Biretix Mask e o Biretix Micropeel, utilizados duas vezes por semana.

 

Para uma acne moderada a severa na limpeza, podemos usar igualmente o Biretix Cleanser ou optar pelo Effaclar Gel Purificante Micro-exfoliante, com utilização do biretix triactive (à noite) e mantendo o Biretix hidramat pela manhã. 

 

Nestes casos deve ser evitada a utilização do Biretix Micropeel, mas poderá ser utilizado o Biretix Mask Plus gel, duas vezes por semana e apenas à noite, pois na sua composição encontram-se ativos fotossensibilizantes.

 

Para trazer sempre na mala e utilizar em caso de emergência, o nosso melhor amigo é o Martiderm Acniover Stick Corrector. Esta pequena caneta tem uma ação 3 em 1, que camufla, reduz e seca as borbulhas localizadas, deve ser aplicado uma a 3 vezes ao dia. 

 

Se apareceu uma borbulha e no dia seguinte temos de estar no nosso melhor então podemos optar pelo Vichy Normaderm pasta anti-imperfeições, com 10% de enxofre, para aplicar à noite e deixar actuar enquanto dormimos.

 

No caso de ocorrerem lesões acneicas no dorso e peito a melhor opção será o Biretix tri-active spray, rápido, fácil e prático de aplicar e com secagem rápida.

 

O acne do adulto, apesar de menos frequente, pode ocorrer, sendo desencadeado por alguns dos fatores já referidos. O tratamento pode ser feito com os mesmos produtos destacados anteriormente, no entanto nesta fase a preocupação já não é só a acne mas também as rugas. 

 

Podemos optar por produtos com dupla acção, anti-oleosidade e anti-rugas, como é o caso de Vichy Normaderm Phyto Solutions que possui ácido salicílico e ácido hialurônico, ou o Normaderm anti-idade, complementados pela Bruma Matificante Normaderm Phytosolution, que pode ser reaplicada ao longo do dia, mesmo por cima da maquilhagem.

 

Por vezes o tratamento tópico não é suficiente, sendo necessário recorrer a tratamentos orais, quer seja de prescrição médica, como é o caso dos retinóides ou dos antibióticos, ou sem a necessidade de prescrição médica como é o caso dos suplementos orais. 

Estes suplementos contêm Niacinamida, Zinco, Selénio, Lactobacillus e Bardana, substâncias com atividade antimicrobiana e que ajudam a regular o excesso de produção de sebo. São exemplos Martiderm Acniover Cápsulas e SR Caps.

 

Em qualquer caso é importante para o tratamento e para evitar o agravamento das lesões, não as manusear nem espremer, pois estas ações podem agravar a inflamação e provocar cicatrizes.

 

Por fim, importa destacar a importância da proteção solar. Esta é crucial tanto nos tratamentos tópicos como nos orais, pois alguns ativos utilizados são fotossensibilizantes. O protector solar escolhido também tem de ser adaptado à pele acneica, devendo ter a menção “oil free”. Esta mesma menção deve ser tida em conta na escolha da maquilhagem.

 

Agora que já lhe ensinamos todos os truques, juntas não vamos dar descanso à acne!

Partilhar:

Biretix Micropeel
Biretix, Biretix Micropeel
Usamos cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência no nosso site. Ao navegar no site estará a concordar com a sua utilização.Saiba mais